... | translate | to | your | language | ...

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Beijo Beija








Falam tanto do abraço, que ele é confortante, que é uma troca de energia, que é isso, é aquilo. Ok, eu concordo. Adoro abraço, abraçar, sentir abraçado.
Mas já pararam para pensar que um dos carinhos mais prazerosos também está no beijo?

Feliz daquele que dá e recebe beijos. Na testa, no rosto, na ponta do nariz, na mão, no ombro... ou em outras partes do corpo. Beijo excita? Sim! Na boca mais ainda. Mas o beijo transcende muito mais que a excitação carnal. É provado cientificamente que um beijo apaixonado pode ser igual ou mais prazeroso que uma relação sexual.

Já parou pra pensar nisso?

Beijo também é troca de saliva, de bactéria, de exercício muscular, de queima de calorias. Dãã, tá bom!

Mas...
Não é uma coisa que passa em branco. Tudo no beijo é válido.

Desde os tempos de escola, quando você e seus amigos e amigas se juntavam para brincar de salada-mista (na minha época se chamava rouge-batom) pelo simples prazer de beijar. Claro que tinham outros interesses também. Às vezes, dessa brincadeira saiam casais de namorados, ou mesmo se aprendia a beijar com quem tinha mais ousadia ou experiência. Sim, é saudável brincar disso. Só deixo uma dica: não se apaixone pelo melhor beijo. Ele pode ser disputado por mais pessoas.

Ok, voltando ao prazer do beijo. Se você não sabe beijar, aprenda! Como? Observe, treine, se vira. É broxante você beijar uma boca que não é receptiva. Relaxe seus lábios. Você não imagina o número de sensores que nosso lábios possuem e quem podem te fazer viajar para outras dimensões em questão de segundos... ou minutos.

Então, cala a boca e (me) beija! 







.

.

.

domingo, 22 de dezembro de 2013

Meu, minha, meus, minhas





Minha pele inibe e estimula
Meu olhar incomoda e encanta
Minha voz inspira e assusta
Meu abraço acalenta e despede

Meus anseios divergem e reúnem
Meus medos arrepiam e fazem rir
Meus sonhos confundem e brilham
Meu toque seduz e afugenta

Meu cheiro inspira e perece
Minha boca alivia e intensifica
Meus dentes fincam e arrancam
Meu eu repele e aproxima

Minha alma é vice e versa
Meu, minha, meus, minhas
Teu, tua, teus, tuas?
Ainda não sei.

.

.

.

Informativo de dados

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

_______________Terra e Lua